Seleção do periódico e submissão

Escolhendo um periódico

Submeter um manuscrito ao periódico inadequado resultará na rejeição do manuscrito pelos editores antes mesmo dele ser enviado para revisão por pares. Isso desperdiça o seu tempo e o dos editores. Portanto, escolher um periódico que corresponda à sua área de estudo é muito importante, pois será mais provável que seu manuscrito seja aceito.

Alguns fatores a serem considerados ao escolher um periódico para submissão são:

  • Público-alvo do periódico. Se seu estudo tem implicações amplas que podem ser de interesse para pesquisadores em outros campos, um periódico que cubra uma vasta gama de temas pode ser melhor. Por outro lado, se for provável que apenas pesquisadores em seu campo terão interesse em ler seu estudo, então um periódico especializado seria mais apropriado, pois você alcançará diretamente o seu público-alvo. 
  • Os temas que o periódico publica. A seção de Objetivos e Escopo do periódico deve indicar as áreas temáticas que o periódico está disposto a considerar. Se sua pesquisa for aplicada, você deve buscar um periódico que publica ciência aplicada; se for clínica,  um periódico da área clínica; se for pesquisa básica, um periódico que publica pesquisa básica.   

DICA: Dê uma olhada nos artigos já publicados pelo periódico. Isso deve lhe dar uma ideia de quais temas interessam aos editores.

  • Os tipos de artigos que o periódico publica. Por exemplo, se você deseja publicar um Artigo de Revisão, descubra se o periódico os publica.
  • Restrições de tamanho. O periódico limita o número de palavras ou figuras dos artigos que publica? Seu manuscrito cumpre essas exigências?
  • Reputação do periódico. O fator de impacto de um periódico é apenas uma medida de sua reputação, e nem sempre a mais importante. Você precisa considerar o prestígio dos autores que publicam no periódico, e se ele é bem conhecido em seu campo específico; às vezes, os periódicos mais conceituados em um campo não são aqueles com o maior fator de impacto.

DICA: Embora todo mundo acredite que seu trabalho seja importante, você deve considerar objetivamente o quanto os seus resultados são significativos para seu campo e para a ciência de forma mais ampla. Você deve honestamente perguntar a si mesmo: quais são as implicações dos meus resultados? Eles estão limitados ao meu campo ou eles têm aplicações a uma ampla área da ciência? Os meus resultados são uma grande descoberta ou um avanço incremental no campo de estudo? Isto irá ajudá-lo a avaliar o impacto de sua pesquisa e para qual periódico ela é mais adequada; caso contrário, você pode acabar perdendo seu valioso tempo submetendo seu artigo a um periódico atrás do outro.

  • Onde o periódico está indexado. Você quer que seu trabalho seja o mais visível possível. Uma maneira pela qual os leitores encontram trabalhos de pesquisa relevantes é usando a indexação de sites e bases  de dados como PubMed, Scopus ou Web of Science. Se houver uma base de dados específica muito usada por seus colegas, pode valer a pena verificar se o periódico está indexado nela para que seu trabalho possa ser encontrado facilmente.
  • Conformidade com as regras do financiador. Muitos órgãos de financiamento agora exigem ou recomendam  que toda pesquisa financiada por eles seja disponibilizada em acesso aberto. Isto pode ser feito de várias maneiras, mas o mais comum é depositando seu artigo em um repositório ou publicando em acesso aberto. Certifique-se que as diretrizes do periódico permitem o cumprimento das exigências feitas pelo seu financiador.

DICA: RoMEO é uma base de dados na qual é possível pesquisar as políticas das editoras referentes ao autoarquivamento de obra publicada e que pode ser útil para os autores, ajudando-os a descobrir se os periódicos lhes permitem cumprir as regras do seu financiador. O RoMEO é gerido pelo Centre for Research Communications (Centro de Comunicações de Pesquisa), Universidade de Nottingham, Reino Unido.

Outros fatores a considerar: O periódico normalmente publica artigos rapidamente? O "tempo para publicação" é importante para você? Que tipo de revisão por pares o periódico oferece? Quais são os custos financeiros envolvidos?


Um bom momento para começar a pensar sobre qual periódico é adequado para o seu trabalho é depois de ter coletado  dados suficientes para uma publicação e ter avaliado o nível de impacto de sua pesquisa, mas antes de começar a escrever o seu manuscrito. Quando estiver à procura de periódicos que sejam apropriados para publicar seus próprios resultados, comece com o que você já leu. Você já deve estar familiarizado com estudos publicados que são semelhantes ao seu. Em que periódicos esses estudos foram publicados? Esses mesmos periódicos podem ser apropriados para o seu manuscrito, portanto, faça uma lista deles. Se você precisar de mais periódicos para considerar, você pode fazer pesquisas bibliográficas de outros artigos publicados em sua área com escopo e impacto semelhantes, e ver onde eles foram publicados.

DICA: A lista de referências dos artigos que você leu também é um bom lugar para encontrar periódicos adequados para publicar e que possam estar interessados no seu trabalho.

Instruções para autores

Quando você tiver uma lista de periódicos alvos, visite e leia os sites destes periódicos. Todo periódico deve ter uma página que fornece instruções ou orientações para autores, incluindo informações sobre muitos dos fatores listados acima.

 

Baseado nos fatores listados acima, periódicos em sua lista que não são compatíveis com o seu manuscrito não devem ser considerados. Entre os periódicos restantes, é provável que um ou mais se destaquem como um ótimo candidato. Considere se qualquer experimento adicional aumentará a sua chance de publicação no periódico de primeira escolha. Se você tem pressa de publicar, considere quais dos periódicos restantes oferecem rápida publicação; se nenhum deles oferece, considere os que tiverem maior frequência de publicação. Se seu objetivo principal é atingir a maior quantidade de leitores possível, considere seriamente os periódicos candidatos que fornecem uma opção de acesso aberto. O acesso aberto permite que qualquer pessoa leia o seu artigo, gratuitamente, on-line, o que pode aumentar a probabilidade do seu artigo ser lido e citado.

Quando você selecionar o periódico mais adequado para o seu estudo e objetivos, geralmente também é uma boa ideia identificar periódicos que possam servir de  segunda e terceira opções. Dessa forma, se o seu artigo for rejeitado pelo periódico  que era sua primeira opção, você pode rapidamente enviar para sua segunda opção de periódico.

 

DICA: Muitos editores agora oferecem um serviço que permite que você transfira os manuscritos que foram rejeitados para outro periódico do portfólio deles. Isso pode poupar seu tempo, pois em muitos casos você não terá que reformatar seu trabalho; seus arquivos são reenviados automaticamente e, se o manuscrito já passou pela revisão por pares, você também pode transferir os relatórios do revisor para que não seja preciso enviá-lo novamente à revisão por pares. Procure por periódicos que fazem parte deste programa de transferência e, se for o caso, considere periódicos que podem receber transferências como sua segunda e terceira opções. ​​​​​​​